shapes_clinica

Contamos com profissionais especializados das mais diversas áreas da saúde, qualificados para lhe atender prontamente.

Interessado?

Tire dúvidas e faça um orçamento específico para sua demanda. Sem compromissos, estamos a disposição para atendê-lo.

Plano Núcleo de Saúde

O Plano Núcleo de Saúde que teve início em 2002 destina-se às organizações que querem oferecer maior cuidado aos seus trabalhadores e obterem diferencial competitivo, interno e externo, por meio do bem-estar e qualidade de vida das pessoas. Com o Plano, a empresa disponibiliza atendimento clínico para os trabalhadores e seus dependentes. A grande vantagem do Plano Núcleo de Saúde é adequar os valores à renda salarial do beneficiário. Com equipe de profissionais capacitados de diferentes áreas, facilita o acesso, o encaminhamento e o atendimento nos serviços de psicologia, fonoaudiologia, nutrição, e psicopedagogia.


Psicologia

A equipe Núcleo conta com profissionais qualificados e especializados nas diversas modalidades de atendimento, desde psicoterapia individual, infantil/adolescente e familiar, bem como as formações abrangem diversas linhas teóricas, como a psicanálise, terapia sistêmica e terapia cognitivo-comportamental, entre outras.

A psicoterapia tem por objetivo aliviar as dores emocionais, assim como promover o autoconhecimento, propiciando que os pacientes possam seguir o curso natural de seu desenvolvimento nos diversos âmbitos da sua vida, tirando o maior proveito possível de seu potencial.


Avaliação Neuropsicológica

A mesma busca investigar quais funções cognitivas estão preservadas e quais estão comprometidas, utilizando instrumentos (testes, baterias, escalas) padronizados para avaliação das funções cognitivas. O neuropsicólogo pesquisará o desempenho de habilidades como: atenção, linguagem, percepção, raciocínio, abstração, afeto, habilidades motoras, visuoconstrução, aprendizagem, memória, processamento da informação, funções executivas e humor.

A avaliação neuropsicológica tem por objetivo coletar os dados clínicos para auxiliar na compreensão da extensão das perdas e explorar os pontos intactos que cada patologia provoca no sistema nervoso central do paciente. Com base nela é possível estabelecer tipos de intervenção, de reabilitação particular e específica para indivíduos com disfunções adquiridas, genéticas, primariamente neurológicas ou secundárias a outros distúrbios.

As principais indicações são: doença de Alzheimer e outros tipos de demências, diagnóstico diferencial entre depressão e demências, epilepsia, TDAH, dificuldades escolares, distúrbios psiquiátricos ou neuropsiquiátricos, esclerose múltipla ou outras doenças neurodegenerativas, distúrbios do desenvolvimento, déficits causados por abuso de drogas e álcool e outras substâncias, lesões cerebrais decorrentes de traumatismos, AVC ou “derrame”.