Entrevista Motivacional e sua Diferença na Adesão ao Tratamento

Auxilie pacientes a usar sua motivação e energia em benefício próprio

Para maiores informações sobre modalidade in-company, ou sobre datas de novas edições, entre em contato.

51 3710 2810 |  nucleoc@nucleoc.com.br

Objetivo Geral

Os pacientes fazem escolhas e não podemos tirar isso deles. Ao contrário, o que podemos
fazer é ajudá-los a fazer as escolhas que são melhores para eles. É extremamente útil quando o profissional oferece um espaço em que o paciente pode perceber que o que o impele ou o impossibilita à mudança de um comportamento está dentro de si mesmo. A Entrevista Motivacional (EM) integra um complexo conjunto de habilidades clínicas e estratégias baseadas nos princípios de colaboração, autonomia e evocação. Na EM o foco é ajudar o paciente a ouvir-se a falar e a resolver sua ambivalência em relação à mudança do comportamento, usando sua própria motivação, energia e comprometimento.

Objetivos Específicos

Ao final do treinamento o participante deverá ser capaz de:

  • Refletir sobre seu atual estilo de atendimento e as frustrações comuns enfrentadas
    pelos profissionais da saúde.
  • Esclarecer o papel do profissional da saúde e do paciente durante todo o processo de mudança.
  • Compreender o espírito, os princípios e os métodos da Entrevista Motivacional.
  • Reconhecer os processos normais envolvidos na mudança de comportamento e o
    papel da motivação, da ambivalência e dos estágios de mudança.
  • Reconhecer e acompanhar a resistência do paciente.
  • Usar as habilidades da escuta reflexiva para promover a mudança.

 

 

Público-alvo

Profissionais de todas as áreas da saúde e estudantes.

Elisabeth Meyer da Silva

Graduação em Terapia Ocupacional pelo Instituto Porto Alegre da Igreja Metodista e em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Mestrado em Ciências Médicas: Psiquiatria pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e Doutorado em Psiquiatria pela mesma Instituição (2009). Formação em Terapia Cognitivo-Comportamental, desde 2001 (UFRGS) e treinamento avançado em Terapia Cognitiva no Beck Institute (Pensilvânia, EUA). Ministra aulas, em diferentes cursos de pós-graduação, na área do Transtorno Alimentar e Reeducação Alimentar. Possui formação em técnicas avançadas de Entrevista Motivacional com treinamento em Albuquerque (EUA) com William Miller e Theresa Moyers. Participa como palestrante de eventos e cursos que abordam a Entrevista Motivacional, Estágios de Mudança e o Mapeamento
Cognitivo.